O Frescor das Águas Medicinais Mornas ou Quentes Salgada, únicas do Brasil.

Aquífero Guarani

Água será a maior riqueza deste século e as nações farão querras por ela.

Já narramos aqui o quanto Deus já beneficiou nossa cidade de Cachoeira, no tópico “Tererê de Cachoeira”, mas agora falaremos do MAIOR LAGO SUBTERRÂNEO DO MUNDO: o Aquífero Guarani.

A cidade tem localização privilegiada sobre a melhor água potável do mundo, mas ainda continua fornecendo para o povo cachoerence água recuperada do rio poluído por coliformes fecais. A bem da verdade, a SANEAGO trata e descontamina a água sim, mas, pergunto:

  • _Porque tanto trabalho se temos água da MELHOR QUALIDADE e VALIOSA DO PLANETA? Sabemos que tantos produtos químicos que são adicionados para que ela se torne potável, acabam reduzindo a saúde e o tempo de vida das pessoas. Então porque não fazer uso da melhor???
  • _ Por acaso estamos guardando este tesouro sem igual, para ser roubado pelas nações mais poderosas que a tempo está de olho neste manancial?

Obs.: Para encontrar água mineral do Aquífero Guarani em Cachoeira é preciso furar menos de 10 metros, portanto os hotéis de turismo aqui, terão da melhor água para os hóspedes. O que lamentamos é que os governos, gastam Milhões em shows e até em desvios no Departamento de Turismo Federal (como o ocorrido recentemente), e não investem o mínimo pra equipar a SANEAGO de poços com a melhor água para o povo. Assim, teríamos mais saúde para a população Brasileira.

Conheça o Aquífero Guarani

“o subsolo brasileiro de um dos maiores reservatórios de água subterrânea do planeta, o pouco conhecido Aquífero Guarani , obviamente uma reserva estratégica, situada na área econômica do Mercosul, com uma superfície de quase 1,2 milhões de km²,estendida pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

A maior parte da área do Aquífero Guarani está situada no Brasil, com 840 mil km², espalhando-se pelo subsolo de oito Estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, num total de 70,2 % da área total do aquífero.

O Aquífero Guarani está inserido na Bacia Geológica Sedimentar do Paraná, e constitui a principal reserva de água subterrânea da América do Sul, com um volume estimado de 46 mil km³.” (Fonte: parte do texto [ A VISÃO MILITAR SOBRE O BRASIL ] 11 0 ENCONTRO NACIONAL DE OFICIAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO – 11º ENOREx

DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA). O grifo é nosso.

… * …

DESNACIONALIZAÇÃO DA TERRA

Os Poderosos querem o comtrole mundial da produção.


“A política econômica global, tem seu plano político agrário defender a completa e perfeita integração comercial entre as diferentes nações mundiais através da criação de grandes blocos regionais como a União Européia e o Mercosul. Crêem seus líderes que a interdependência econômica possibilitará um melhor aproveitamento dos recursos naturais escassos em nosso planeta e a socialização dos meios de produção e distribuição.
No mundo inteiro Já tem se comentado a “invasão” de países estrangeiros em busca de terras produtivas principalmente na África. O assunto é tão frequente que existe até um site chamado “Food Crisis and the Global Land Grab” cujo endereço é http://farmlandgrab.org. Nele são publicados diariamente várias notícias em diversas línguas, principalmente inglês, espanhol e francês sobre o tema. A citação ao Brasil é eventual neste site, porém em virtude do noticiário dos últimos dias onde parte da imprensa nacional começou a tocar no assunto, nosso país tornou-se notícia por lá também.
O ocidente e os EUA estão preocupados com a segurança alimentar ameaçada pela ascensão a níveis superiores de renda de centenas de milhões de pobres nos países emergentes, como, por exemplo, o caso do Brasil.

Essa  preocupação ambiciosa define  a América Latina apenas como um celeiro para suas empresas transnacionais controlar nossa biodiversidade e nossas sementes.

A questão é política, a escassez de água potável para irrigação em muitas regiões do mundo ocidental é um problema dramático estudado pelas áreas de inteligência e ambientalistas levando as autoridades mundiais despertar interesse pela agricultura brasileira como plano estratégico de sua soberania alimentar.

A razão maior do aumento dos preços é a política de monopólio das multinacionais que compram safras inteiras e se apoderam dos bens para especular e forçar o aumento de preços, à custa da fome e da miséria de grande parte da humanidade.

A FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação) acredita que o aumento de preços dos alimentos aumentará em 100 milhões o contingente de pessoas que passam fome no mundo, hoje calculado em 850 milhões. Na reunião dos países ricos, os presidentes disseram claramente que não podiam fazer nada para reverter este quadro.

O governo decidiu bloquear negócios de compra e fusão, por estrangeiros, de empresas brasileiras que detenham imóveis rurais no País. Esse tipo de negócio estaria ocorrendo, segundo avaliação do Planalto, como uma forma de burlar restrições impostas no ano passado à compra e ao arrendamento de terras por investidores estrangeiros.

O bloqueio de novos negócios foi determinado em aviso encaminhado ontem pela Advocacia-Geral da União ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Este repassará a ordem às juntas comerciais: operações de mudança do controle acionário de empresas proprietárias de áreas rurais envolvendo estrangeiros não poderão ser formalizadas. A partir do aviso, operações eventualmente fechadas podem ser suspensas na Justiça.

As juntas comerciais também vão auxiliar os cartórios a identificar a participação de capital estrangeiros nas empresas que comprem terras.

O ato do ministro Luiz Inácio Adams é mais uma tentativa de controlar o avanço de estrangeiros sobre terras no Brasil. Em agosto do ano passado, parecer da AGU enquadrou empresas brasileiras cujo controle acionário e controle de gestão estejam em mãos de estrangeiros nas mesmas restrições impostas a empresas e pessoas físicas estrangeiras.

Desde a década de 70, a lei impede a compra ou o arrendamento de mais que 50 módulos por estrangeiros. O limite, por município, equivale a 25% de seu território sob controle de cidadãos ou empresas de outras nacionalidades. Uma mesma nacionalidade estrangeira não pode deter mais do que 10% da área de um determinado município. Essas restrições haviam sido suspensas para empresas brasileiras, mesmo com controle estrangeiro, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso.

As restrições foram restabelecidas há sete meses e atribuídas a um cenário internacional que estimulava o avanço de estrangeiros sobre terras no Brasil. “A crise de alimentos no mundo e a possibilidade de adoção, em larga escala, do biocombustível como importante fonte alternativa de energia, apta a diversificar, com grande vantagem, a matriz energética nacional, são os principais vetores dessa nova abordagem da questão da propriedade da terra no Brasil”, argumentou a AGU. Solo explorado, lucro exportado.

De 2002 a 2008, houve uma avalanche de investimentos estrangeiros em terras no Brasil. Dados do Banco Central apontam para um aporte de US$ 2,43 bilhões nesse período. Se consideradas todas as atividades do agronegócio, como agroindústrias e serviços, a conta chega a US$ 46,91 bilhões em sete anos.

A AGU fechou o cerco à aquisição por estrangeiros. Orientou o Ministério da Fazenda a criar regras, por meio da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), para impedir a compra de ações de companhias brasileiras detentoras de terras por empresas de capital estrangeiro.

Também recomendou ao Ministério do Desenvolvimento bloquear aquisições e fusões de empresas brasileiras e estrangeiras a partir da informação das Juntas Comerciais nos Estados. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou aos cartórios um “pente fino” nessas transações para evitar o registro definitivo das terras.

As compras de propriedades rurais por estrangeiro vinham sendo fechadas com base em um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) que dispensou autorização para a aquisição de imóveis rurais em território nacional. Até 1995, o Artigo nº 171 da Constituição Federal, depois revogado, permitia a distinção entre dois conceitos: empresa nacional de capital estrangeiro e companhia controlada por acionistas não-residentes no país ou com sede no exterior.

A decisão da AGU também abre a possibilidade de questionamentos jurídicos nos casos de aquisições e fusões anteriores à sua interpretação da Lei nº 5.709, de 1971 – criada no regime militar para barrar a compra de propriedades por estrangeiros. O texto limitava as compras a um quarto da área de cada município brasileiro e previa que cidadãos de mesma nacionalidade não podiam ser donos de mais de 40% desse limite.

Dados inéditos do cadastro rural do Incra mostra que, até 2008, havia 4,04 milhões de hectares registrados por estrangeiros. São 34.218 imóveis concentrados em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Bahia e Minas Gerais.

A esses argumentos juntaram-se a elevação do preço das commodities e a especulação com o preço das terras, até a necessidade de conter o desmatamento na Amazônia.

O parecer também chamava a atenção para a falta de controle sobre a compra de terras por estrangeiros. O número mais recente, fechado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na semana passada, aponta em mãos de estrangeiros uma parcela de terra equivalente a 20% do Estado de São Paulo: 4,5 milhões de hectares ou 45 mil quilômetros quadrados – números que, segundo as autoridades, não traduzem a realidade.

Os estudos da AGU também levaram em conta relatórios da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) sobre o avanço de estrangeiros, também, sobre áreas de terras no litoral brasileiro.” (Fonte: MST. Os grifos são meus.)

Vejamos o que a Bíblia fala sobre  a concentração da concentração  terra a Palavra de Deus no livro do profeta Isaías diz:

” Ai dos que ajuntam casa a casa, reúnem campo a campo, até que não haja mais lugar, e fiquem como únicos moradores no meio da terra.” ( Isaías. 5,8).

Continue lendo e assista o vídeo que eles chegam ao cúmulo de afirmarem que a Amazônia não é dos brasileiros. Basta dar um clique neste link:

https://cachoeiradourada.wordpress.com/invasores/

E ainda tem o assunto do único manancial da ÁGUAS QUENTES E SALGADAS do Brasil, que só se encontra aqui e está praticamente fechado pela incompetência politica, veja neste tópico surpreendente que demonstra que Cachoeira está hoje “Como o cavalo valente com água até o pescoço e morrendo de sede”:

https://cachoeiradourada.wordpress.com/promovendo-o-turismo-de-fato/

Que Deus abençoe a todos nós.

Aluizo Soares

__________________________________________________________

Continue lendo “Milionário Expulso do País”

https://cachoeiradourada.wordpress.com/milionario-expulso-do-pais/

Leia também “Conspiração Mundial”:

https://cachoeiradourada.wordpress.com/conspiracao-mundial/

E ainda “Verdadeira Autoridade”:

https://cachoeiradourada.wordpress.com/verdadeira-autoridade/

__________________________________________________________

Coopere conosco gravando um pequeno comentário aqui, logo abaixo. Nós responderemos. Obrigado!

Comentários em: "Aquífero Guarani" (1)

  1. Ótimo gostei muito mas pena que poucos saibam disso esse dias na auto escola fiz um comentário sobre o aquífero guarani e ninguém sabia que ele existe e também não acreditaram que ele exista eu porem muito tempo ja sabia que ele exista mesmo antes de me converter ou seja entregar a minha vida a Cristo Jesus a quatro anos atras!

    NOSSA RESPOSTA

    Gilmar,
    somos gratos por seu apoio ao nosso ministério e pelos comentários.

    O Aquífero Guarani é um presente da parte de Deus que é, sem dúvida alguma, mais valioso até que o petróleo do Presal. Na falta de água potável teremos como saciar a sede do mundo.

    Que Deus abençoe a todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: